terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

REFORMAS PARCIAIS NÃO SÃO REFORMAS ESPIRITUAIS


 
INTRODUÇÃO: Texto bíblico: II Reis 3:1-5
1. Muitos se esforçam pouco para viver corretamente diante dos desafios críticos da vida.
2. Muitas pessoas traçam objetivos e alvos, porém poucas delas estão dispostas a tudo para alcançá-los.
3. Muitos têm propósitos espirituais, todavia, poucos dos crentes têm determinação para alcançá-los plenamente.

I. A MUDANÇA ESPIRITUAL DEVE COMEÇAR COM AQUELE QUE VÊ NECESSIDADE DE REFORMA – II Reis 3:1-2

No tempo de Jorão, rei de Israel, a obra da reforma de Elias e Eliseu, depois da perversão religiosa de Acabe, estava tendo um efeito notório na vida do rei, pois ele é a versão melhorada de seu pai, Acabe. Ele fez uma reforma, mas pela metade. Consideremos:
1. A mudança espiritual na sociedade não vai além daquilo que você está disposto a fazer.
2. Você precisa ser o espelho da mudança que você propõe, a fim de que exerças uma influência poderosa.
3. Se você quer uma reforma na vida espiritual dos membros de sua igreja, essa mudança deve começar com você! É verdadeiro o ditado que diz: Um grama de ação vale mais que uma tonelada de teoria.
a) A mudança espiritual na igreja inicia com um líder plenamente espiritual: Quem se propõe a liderar a reforma espiritual deve saber que o mais importante ingrediente na fórmula do sucesso almejado está em deixar de lado tudo aquilo que não agrada a Deus.
b) A mudança espiritual começa de baixo até alcançar altos propósitos: Se você não tem capacidade de fazer grandes coisas para Deus, pode depender dEle e fazer pequenas coisas de forma grandiosa até alcançar o ideal traçado pela Palavra de Deus: Santidade!

II. A REFORMA ESPIRITUAL QUE TRILHA PELA MUDANÇA PARCIAL É FALSA – II Reis 3:3

O texto não diz se Jorão consultou a Bíblia para promover a reforma espiritual entre o povo de Israel, o que é importante. Além disso, nenhuma reforma que não partir de dentro para fora, pela operação do Espírito Santo, é verdadeira. Seu coração cheio de pecado revela que não tinha lugar para Ele.
1. A base de qualquer reforma espiritual é a Bíblia: Se a reforma se fundamenta na Bíblia, então o sermão expositivo pregado no púlpito é a ferramenta mais poderosa para reformar o que está estragado na espiritualidade do povo de Deus.
2. A reforma baseada na Bíblia deve ser precedida pela oração: Sem busca de discernimento espiritual para ler a Bíblia nunca se chegará a uma reforma completa. Não se vê Jorão orando, por isso sua reforma foi superficial.
3. A reforma será incompleta, imperfeita e questionável sem oração e pregação bíblica: Infelizmente, nos dias atuais, as músicas e os cantores se tornaram ícones de pura idolatria. Num culto de oração que geralmente comparecem dez pessoas, a igreja enche quando se tem a presença de um cantor famoso. Poucas pessoas buscam verdadeiramente a Deus; multidões que pensam que ao participar de shows gospels e músicas eletrizantes é o mesmo que buscar a Deus, descambam para um falso reavivamento.

III. A VERDADEIRA REFORMA ESPIRITUAL TIRA OS PECADOS DO CORAÇÃO QUE IMPEDEM DEUS DE ENTRAR – II Reis 3:3-5

Deus não se agrada com meia conversão, pois não existe meio cristão e nem meio ateu. Ainda que o rei Jorão tenha tirado a coluna de Baal que seu pai fizera, ele não tirou os pecados do seu coração. Por isso não teve paz!
1. A verdadeira reforma espiritual não tolera pecados: A verdadeira reforma não elimina os pecados externos e ignora os internos; onde a verdadeira reforma chega, arranca tudo para Deus entrar no coração.
2. A verdadeira reforma purifica o coração e promove a paz na sociedade: Onde há brigas, contendas e guerras é porque o Espírito de Deus não tem total permissão para agir. É por isso que houve revolta e guerra contra o rei de Israel.
3. A verdadeira reforma santifica a vida: Quem se aproxima de Deus fica longe do pecado, mas Jorão não se apartou deles. O pecado nos afasta de Deus; enquanto que, Deus nos afasta do pecado. Toda reforma que não elimina o pecado não é espiritual, mas humana! Não é verdadeira; é falsa!

CONCLUSÃO:

1. A reforma verdadeira acontecerá no tempo do fim: Nos últimos dias o povo de Deus, habilitado pelo poder do Espírito Santo iluminará o mundo com a glória divina, pois estarão cheios do azeite purificador de Sua graça; para isso, precisamos de textos como esse que nos esclareçam sobre a verdadeira reforma espiritual.
2. A reforma verdadeira acontecerá antes da volta de Jesus: Antes da volta de Jesus muitos promoverão a falsa reforma espiritual; entretanto, o verdadeiro reformado impactará o mundo com a verdade divina, com a exposição da Palavra de Deus; não com músicas eletrizantes como nos shows de rock.
3. A reforma verdadeira preparará um povo para encontrar-se com Jesus: No tempo do fim o evangelho será pregado até os confins da Terra por pessoas reavivadas e reformadas. Não é a música que vai completar a obra evangelística na terra, é a pregação da Palavra de Deus. É assim que a missão se cumprirá e a tarefa será completada. Ao ser eliminado o pecado do coração, será iluminado o caminho da verdade e haverá um povo preparado para o regresso do Esposo.  

APELO:

1. Tenha como objetivo rejeitar toda e qualquer reforma que não elimina o pecado do coração e da alma.
2. Tenha o propósito de buscar a verdadeira reforma espiritual pelo poder do Espírito, mediante oração e estudo da Bíblia.
3. Tenha a iniciativa de promover o reavivamento e reforma corretamente em tua família, igreja, trabalho, escola, lazer, etc.

Pr. Heber Toth Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana