terça-feira, 1 de janeiro de 2013

A ORAÇÃO DE JESUS PELA UNIDADE DE SUA IGREJA


INTRODUÇÃO: Texto Bíblico: João 17:20-23
1. A igreja é como o beisebol (ou golf), muitos assistem ao jogo, mas poucos entendem.
2. Ir à igreja não te converte em cristão, assim como ir à garagem não te converte em carro.
3. Muitos vão à igreja para ver ou ser vistos.  Alguns vão à igreja só por tradição. Outros vão para cochilar e dormir. Mas, somente uma minoria reconhece a essência da igreja.

I. A IGREJA É UMA COMUNIDADE UNIDA, E A UNIDADE DA IGREJA É TÃO IMPORTANTE QUE ESTAVA NA MENTE DE CRISTO ANTES DE MORRER – João 17:20-21
1. Jesus não ora por um lugar, uma construção, um prédio. A igreja é o que cremos e fazemos em Cristo; é o que somos: cristãos.
2. Jesus queria que a igreja fosse uma assembleia de pessoas reunidas para uma finalidade específica: Compartilhar um relacionamento de salvação com Ele.
3. Jesus queria que a igreja fosse uma só em todo o mundo, mas ao mesmo tempo estivesse presente em cada congregação.

II. A UNIDADE DA IGREJA DEVE SER LEVADA EM CONTA PARA QUE HAJA HARMONIA ENTRE CRENTES DIFERENTES – João 17:22-23
1. A unidade da igreja não é uma harmonia conseguida por meio da “engenharia” social, administração diplomática ou estratégia política. É um dom, quando Cristo habita no coração.
2. A unidade da igreja envolve união de sentimento, pensamento e ação de todos; isso é um milagre em meio a tantas personalidades diferentes – é por isso que Jesus orou.
3. A unidade da igreja começa com cada um de nós, individualmente, não apenas carregando o adjetivo “cristão”, mas em uma vida de verdadeira abnegação, dedicada a uma causa e a um bem maior que nós mesmos.

III. A UNIDADE PERFEITA DA IGREJA SÓ É POSSÍVEL POR MEIO DE UM MILAGRE, O QUAL IMPACTARÁ O MUNDO – João 17:21, 23
1. A unidade da igreja é a mais forte evidência de que Deus enviou Cristo ao mundo.
2. A unidade da igreja impacta a sociedade, sendo ela um grupo de pessoas unidas, dedicadas a cuidar uma das outras compartilhando juntas as boas novas durante a caminhada rumo ao Céu.
3. A unidade da igreja será possível se todo membro tomar diariamente sua cruz, morrer diariamente para o eu e buscar diariamente não o próprio bem, mas o bem dos outros. Isso vai atrair o mundo!

CONCLUSÃO:
1. Jesus criou a igreja para que em meio a tantas diversidades no mundo, experimentemos nEle a unidade de mente e coração. Ligados a Cristo, há unidade entre os crentes.
2. Jesus orou a Deus Pai para que os membros da igreja sejam um como Ele e o Pai são um, a fim de que personalidades, talentos e dons diferentes fortaleçam a missão da igreja.
3. Jesus quer a unidade da igreja, e a igreja que mantiver unida em Cristo e em Seus ensinos alcançará a vitória final quando Ele vier reclamar o que Lhe pertence.

APELO:
1. Atente para a oração de Jesus pela unidade da igreja.
2. Ore como Jesus pela unidade e harmonia da igreja.
3. Seja um com Cristo para que sejas um com os membros da igreja de Cristo.

Pr. Heber Toth Armí


Um comentário:

  1. Abençoamado pastor Herber
    Paz
    Deus me trouxe à sua página virtual para que admirasse os esboços dos seus sermões, de vez que não vemos mais sermões expositivos, do quilate deste aqui postado.
    Indignado pela volta do abjeto Mike Murdock ao cenário evangélico brasileiro, fui levado a dezembro de 2010 e fui impactado, neste seu excelente blog, pelo alerta de Deus para com os falsos mestres.
    Sou contrário a todas as práticas de heresiarcas que buscam vantagens pessoais, deturpando a Palavra de Deus. Confesso repudiar a postura do “ex-pastor” Silas Malafaia como parceiro, comparsa e introdutor de “heresionistas” (heréticos + ilusionistas) no âmbito cristão – esses, também, falsos profetas gananciosos, velhacos, adeptos do sicofantismo.
    Prossiga com este seu Ministério em que a sã doutrina é amorosamente cultivada.
    Seu conservo nEle, que nos amou primeiro
    Alberto Couto Filho


    ResponderExcluir

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana