segunda-feira, 2 de maio de 2011

FASES DA CONVERSÃO DO PECADO PARA DEUS


INTRODUÇÃO: Texto bíblico principal: II Reis 5:1-19
1. Ninguém nasce com a tendência natural de buscar a Deus.
2. Ninguém nasce santo, com gosto natural para as coisas certas.
3. Ninguém nasce cristão, por isso todos precisam se voltar para Deus, isso é conversão.
4. Ninguém é capaz de converter-se sem o amor, a misericórdia e a bondade de Deus e ser atraído por Ele (Romanos 2:3-4).

I.   PASSOS DADOS POR DEUS PARA ATRAIR O PECADOR À SALVAÇÃO:
1.  Deus demonstra bondade ao pecador: Deus deu livramento aos siros por meio de Naamã. Deus fez com que o leproso Naamã se tornasse um homem de muito respeito (II Reis 5:1).
2.  Deus evidencia misericórdia ao pecador: Deus colocou uma menina que O servia dentro da casa do leproso Naamã a fim de testemunhar do Deus verdadeiro e todo-poderoso (II Reis 5:2-4).
3.  Deus abençoa o pecador: Além de dar vitórias a Naamã e colocar uma menina de fé em sua casa, Deus trabalhou no coração do rei da Síria para que permitisse a ida de Naamã até Israel, e ainda escreveu uma carta de recomendação (II Reis 5:5).
4.  Deus facilita as dificuldades do pecador: Deus observa o problema no palácio e faz o profeta Eliseu ficar sabendo e enviar mensageiros para orientar Naamã. O profeta de Deus pede para que Naamã faça algo simples: banhar-se sete vezes no rio Jordão (II Reis 5:6-10).

II.  PASSOS DADOS PELO PECADOR EM DIREÇÃO AO SALVADOR:
1.  O pecador reconhece suas limitações: Naamã reconheceu que honra, riquezas, famas, valentia e vitórias não resolvia seu maior problema: a lepra, que é símbolo do pecado (II Reis 5:1, 4-5).
2.  O pecador ouve com atenção sobre o poder de Deus: Naamã ouviu atentamente as informações que a menina cativa da terra de Israel falou sobre o Deus todo-poderoso (II Reis 5:3-4).
3.  O pecador luta com seu orgulho e preconceito: O caminho da conversão passa pela humilhação. Naamã não gostou de ter que descer até o rio Jordão para banhar-se sete vezes. Ele alegou que em Damasco havia rios melhores do que em Israel (II Reis 5:11-13).
4.  O pecador se rende completamente: A conversão só é completa quando se torna pública. Depois de tanto relutar, Naamã entrou no rio Jordão, mergulhou sete vezes e foi transformado física, metal e espiritualmente (II Reis 5:14-19).

CONCLUSÃO:
1. A conversão é uma mudança radical que afeta os aspectos físico, mental e espiritual da vida do ser humano.
2. A conversão é um reconhecimento que sem Deus a vida é incompleta, infeliz e limitada e então o ser humano se volta para o Deus que revoluciona vidas!
3. Conversão é deixar o pecado para buscar a Deus que perdoa e cura a alma angustiada por causa do pecado.
4. Conversão é deixar uma vida horrível para trás e começar uma vida transformada, feliz e devota à adoração a Deus.

APELO:
1. Reconheça que sem Deus você não é nada, Ele quem faz tudo por você.
2. Reconheça que você precisa abandonar o pecado e voltar-se para Deus.
3. Reconheça que Deus é todo-poderoso e você precisa dEle para te salvar.
4. Reconheça que Deus tem poder de transformar sua vida e vá a Ele agora mesmo.

Pr. Heber Toth Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana