terça-feira, 11 de maio de 2010

UMA PROSTITUTA CONVERTIDA

INTRODUÇÃO – Texto Bíblico: Josué 2

Antes de analisarmos as aplicações precisamos considerar três verdades fundamentais:

1. Todos nós nascemos em pecado (Salmo 51:5).

2. Todo pecado é pecado e o salário do pecado é a morte (Romanos 6:23).

3. De certa forma, todos somos semelhantes a Raabe.


I. UMA GRANDE PECADORA NUMA CIDADE DEPRAVADA:

1. Somos influenciados pelo ambiente em que vivemos (Josué 2:1): Raabe morava numa grande cidade imoral, em Jericó.

a. Jericó era uma cidade politeísta: Raabe foi influenciada pela religião pagã.

b. Jericó era uma cidade imoral: A prostituição era comum em Jericó.

c. Jericó era uma cidade destinada a sofrer os juízos de Deus: (Gên. 15:13-16). Hoje também vivemos num mundo imoral destinado ao fogo.

2. Somos escravos do prazer do pecado (Josué 2:1): Raabe dependia da prostituição para sobreviver. Ele era escrava do pecado como muitos de nós.

3. Somos donos de nosso próprio destino: Sabemos que o salário do pecado é a morte e o dom gratuito de Deus é a vida eterna. Escolhemos um ou outro.


II. UMA GRANDE OPORTUNIDADE AOS PECADORES:

1. Oportunidade oferecida por Deus (Josué 2:1): Dois espias são enviados por Josué, porém Deus os guia na entrada e saída (Salmos 121:8) de Jericó, do contrário seriam mortos (Josué 2:2-3). Deus tinha um plano para Raabe, pois conhecia seu coração. Deus tem um plano para você, é uma grande oportunidade de vida.

2. Oportunidade bate à porta: Jesus diz: “Eis que estou à porta e bato” (Apocalipse 3:20). A oportunidade de vida bateu à porta do coração de Raabe quando chegaram os dois espias à porta de sua casa. Hoje Jesus bate à porta de teu coração.

3. Oportunidade deve ser bem-vinda: Quando a oportunidade chegou perto, Raabe a agarrou com todas as suas forças.

a. Aceitando a oportunidade pela fé (Josué 2:9-11). Raabe creu nas informações que recebera sobre Deus (Tiago 2:23-25). Sua fé foi tão real como a de Abraão, o pai da fé. Você aceita pela fé a oportunidade que Deus te dá hoje?

b. Aceitando a oportunidade com determinação (Josué 2:4-8). Raabe estava determinada a conhecer mais a respeito do Deus verdadeiro. Antes que os espias deitassem, ela foi procurá-los, a fim de saber sobre Deus; humildemente pediu um sinal de misericórdia (Josué 2:12-13). Ela tomou atitude, sua fé passou da teoria para a ação (Josué 2:21). Você age com determinação baseado na sua fé?

c. Aceitando a oportunidade com riscos: Raabe, como muitos de nós, passamos por provações quando aceitamos a oportunidade dada por Deus. Ela poderia ser morta pelos guardas. Porém, ela não desistiu. E você está disposto a correr riscos por causa de sua fé?


III. UMA GRANDE TRANSFORMAÇÃO DE VIDA

1. De prostitua a estalajadeira: Certamente Raabe já havia abandonado sua profissão de pecado antes mesmo da chegada dos espias. Em seu terraço havia canas de linho suficiente para cobrir dois homens (Josué 2:6). Provavelmente estivera trabalhando com tecelagem, trabalho duro, característico da mulher virtuosa (Provérbios 31:13), que trabalha com o linho na fabricação de roupas.

2. De mulher da vida a empresária: O negócio de Raabe era grande, era uma empresa. Pois, além do linho deposto em ordem no eirado ela possuía muita corda de cor escarlate a ponto de descer dois homens pelo muro de aproximadamente 10 metros de altura (Josué 2:15, 18). Raabe se converteu completamente, e você?

3. De politeísta a monoteísta: Raabe abandonou sua vida antiga, sua profissão, sua cultura, seus pecados e inclusive sua religião e seus deuses por amor ao único Deus verdadeiro (Josué 2:11). Ela agora passa a pregar a seus familiares e a convidá-los a se salvar (Josué 2:12-13; 6:23). Raabe nasceu de novo, é outra pessoa! Todo verdadeiro discípulo nasce no reino de Deus como missionário!


CONCLUSÃO:

1. Todos nós somos semelhantes a Raabe ao nascer neste mundo de pecado, com natureza pecaminosa, de costas para Deus. Assim também devemos nos voltar para Deus, abandonar nossa vida de pecado, nossos ídolos e crenças erradas.

2. Como Raabe, devemos ser transformados ao aceitar a oportunidade de salvação que Deus nos dá. Somente assim poderemos ser libertos da condenação do juízo de Deus sobre o mundo, como foi liberta Raabe quando Jericó foi destruída (Josué 6:17, 25).

3. Raabe se casou com Salmom, tem o nome na genealogia de Cristo (Mateus 1:5) e no mural da galeria da fé (Hebreus 11:31). Conversão não é um verniz espiritual, uma mudança externa, uma reforma e continuar com uma estrutura podre. Conversão é transformação de vida, mudança do interior, do coração, da vontade, dos pensamentos e das atitudes. Conversão é uma obra profunda, verificável e permanente operada pelo próprio Deus. Eis o maior milagre! Você já foi transformado? Você é convertido? O que você está esperando para passar pela experiência da conversão?

Pr. Heber Toth Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana