terça-feira, 18 de maio de 2010

A ÚLTIMA REUNIÃO DE ORAÇÃO ANTES DO FIM

 INTRODUÇÃO: Texto Bíblico principal: Apocalipse 6:12-17

A oração pode ser definida como pedidos, clamores a algo ou alguém. A última oração da história da humanidade será marcada por sua singularidade. Será no dia do retorno de Cristo a esta terra, em que os povos reunirão para a última oração.
À guisa de introdução analisaremos brevemente os eventos que antecedem à segunda vinda de Cristo:
1) O sexto selo introduz o dia do juízo. O medo, o terror, o espanto e a consternação daquele dia se descrevem sob dois aspectos:
a) Um universo sendo sacudido; e,
b) Os homens completamente aterrorizados, tentando se esconder.

2) Nesse tempo os homens entenderão que o fim chegou (Ap. 6:12-14);
3) Em aflição os homens invocarão aos montes e rochedos, não a Deus (Ap. 6:16).


I. QUEM REALIZARÁ AS ÚLTIMAS ORAÇÕES?

1) Quem são os que farão a última petição? Quem fará o último pedido da história?
2) Os reis, os grandes, os comandantes, os ricos e os pobres (Ap. 6:15).
3) De repente desaparecerão todas as diferenças sociais e religiosas, são os indiferentes a Deus.

II. QUANDO REALIZARÃO SUAS ÚLTIMAS ORAÇÕES?
1) O juízo chegou: as portas da graça estão fechadas; é o dia da ira do Cordeiro.
2) Em tempo inapropriado: Ao começarem os juízos, começarão a orar (Ap. 6:15-16).
3) Quando já for tarde demais começarão a clamar e a invocar (Mt. 25:11-12).

III. ONDE REALIZARÃO SUAS ÚLTIMAS ORAÇÕES?1) Diante dos rochedos (Ap. 6:15).
2) Dentro das cavernas (Ap. 6:15).
3) Diante dos montes (Ap. 6:15).

IV. POR QUE REALIZÃO SUAS ÚLTIMAS ORAÇÕES?
1) Será por temor do Juiz e do juízo que os levarão a clamarem (Ap. 6:16-17).
2) Os homens estão em profundo desespero, não sabem a quem recorrer.
3) Não suplicarão pelo arrependimento dos seus pecados, mas por medo e angústia.

V. QUAIS OS RESULTADOS DE SUAS ÚLTIMAS ORAÇÕES?
1) Após o tempo da graça não haverá mais atendimento (Mt. 7:21-23; 25:41).
2) Pois não haverá arrependimento nenhum, apenas medo (Ap. 6:14-15).
3) Neste tempo o julgamento já haverá terminado, e tudo estará decidido (Ap 22:11).
4) A morte vai fugir deles, a oração não será atendida (Ap. 9:6).

CONCLUSÃO:
Para não estarmos nesse grupo precisamos tomar quatro decisões hoje:
1) Ore no tempo oportuno! (II Cor. 6:2). Agora é a hora, hoje é o tempo.
2) Orai e vigiai desde agora, em todo o tempo (Efé. 6:18).
3) Orai e permaneça no Senhor com todo o coração (Atos 11:23).
4) Orai, não andeis segundo a carne e permanecei em Cristo, pois nEle não há condenação (Rom. 8:1).

Apelo: Não deixe para manhã o que se pode fazer hoje!


Pr. Heber Toth Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postar um comentário

Postagens mais acessadas nesta semana