sexta-feira, 8 de março de 2013

JESUS PROTEGE SUA IGREJA DOS ATAQUES DO MAL


INTRODUÇÃO: Texto bíblico principal: Apocalipse 1:12-17
1. Depois de Sua derrota, Satanás irou-se intensamente contra o povo de Deus (Apocalipse 12:12).
2. Depois que a ira de Satanás intensificou-se, a igreja enfrentou terríveis perseguições (Apocalipse 1:9).
3. Depois que a igreja de Cristo começou a ser perseguida, o próprio Cristo se pôs no meio dela para protegê-la (Apocalipse 1:12, 20).
Detenhamos em Apocalipse 1:12-17 para extrair lições espirituais que nutram nossa fé e nos fortaleça espiritualmente:

I. A DESCRIÇÃO DE JESUS NA VISÃO DE JOÃO NOS IMPACTA COM SUA ONIPOTÊNCIA – Apocalipse 1:12-16

1. A roupa de Jesus impressiona por seu significado: Poder. Vestes talares (compridas), com um cinto de ouro revela poder que exige reverência.
2. As vestes e a postura de Jesus revelam vitória: Jesus venceu Satanás, o pecado e a morte; e, recebeu todo o poder, tanto no Céu como na Terra; Sua descrição revela isso!
3. Jesus, no Apocalipse é descrito com poder revelado no cuidado por Sua igreja: Jesus tem os cabelos da experiência na luta contra o mal e os olhos penetrantes que impactam a qualquer um. Seus pés expressam o fulgor do latão reluzente e Sua voz é mais potente que o bramido do mar. Ele tem poder sobre as estrelas e Seu rosto resplandece mais que o sol em sua maior força. Não tem poder no Universo que iguale ao poder de Jesus. Ele é onipotente. Ele protege Sua igreja!

II. A DESCRIÇÃO DE JESUS NOS DESPERTA PARA O JUÍZO QUE ALIMENTA NOSSA ESPERANÇA - Apocalipse 1:13-16

1. A roupa de Jesus impressiona por sua função: sacerdote e juiz. Tanto o Sumo Sacerdote terrestre quanto suas funções no Santuário apontavam para Cristo, as quais eram mediar e julgar. Mediar em prol dos salvos e julgar a atitude dos ímpios contra os salvos.
2. Com Sua postura Jesus declarou-Se Juiz de Seu povo: A perseguição vinha do mal sobre a Igreja de Cristo, Jesus veio para socorrê-la; mas não há outra forma de fazer isso a não ser julgando e condenando o mal.
3. Jesus jamais abandona o povo pelo qual deu a Sua vida: A descrição que João faz de Jesus revela cuidado à igreja e condenação aos que são contra ela. A voz de Cristo conforta a igreja e confronta os inimigos dela; como uma espada Ele protege os Seus, mas fere os que atacam aos Seus. Os olhos de Cristo, como fogo, condenam o mundo e protege a igreja.

III. A VISÃO QUE JOÃO VÊ EM APOCALIPSE É DE UM SALVADOR QUE NOS AUXILIA EM TEMPOS DIFÍCEIS - Apocalipse 1:17

1. A aparência de Jesus provoca temor e reverência: A visão que fez com que João caísse por terra deve fazer-nos saber que “até o fim dos dias não pode haver outro sentimento a não ser a reverência diante da glória e santidade do Cristo Ressuscitado” (W. Barclay).
2. A postura de Jesus diante da reverência de Seus filhos demonstra auxílio em meio às crises: O mesmo Jesus que desceu a João na ilha de Patmos, em glória e majestade com todo o poder e autoridade, coloca a Sua mão sobre os ombros dos aflitos para erguê-los, consolá-los e protegê-los. As palavras de Cristo a João confirmam essa verdade. Ele te diz: “Não temas”.
3. A expressão de Jesus ao declarar-se o primeiro e o último é um convite à confiança nEle durante a história da igreja: D. Moody conjecturou que, se Jesus “é o Primeiro e o Último, então Ele é o Cristo da criação no passado, e Aquele que vai levar todas as coisas à divinamente ordenada a consumação do fim”.

CONCLUSÃO:
O futuro não deve amedrontar a ninguém que tem em mente a visão de Cristo revelado no Apocalipse; pois, logo no primeiro capítulo é apresentado sete aspectos do ministério celestial de Cristo em favor de Seus filhos na terra:
1. Jesus capacita Sua amada igreja ao enfrentar os sofrimentos causados pelo mal (vs. 12-13).
2. Jesus intercede por Sua igreja que sofre neste mundo de pecado, miséria e dor (v. 13).
3. Jesus é santo e pode purificar Sua igreja que persevera nas lutas contra a imundícia do pecado (vs. 14-15).
4. Jesus diz palavras impressionantes e poderosas que revelam autoridade a Sua igreja (v. 15).
5. Jesus guia com poder a história e a vida de Sua igreja entre os percalços deste mundo (vs. 16, 20).
6. Jesus, com Suas palavras como espada, protege Seu povo na terra até o fim (v. 16).
7.  Jesus reflete ao mundo o brilho de Sua glória por meio de Sua igreja (v. 16).

APELO:
1. Fixe teus olhos em Jesus, o Salvador onipotente!
2. Olhe com esperança para o futuro, pois Jesus está no controle de tudo!
3. Veja Jesus com respeito, reverência e como tua única fonte de esperança!

Pr. Heber Toth Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana