terça-feira, 14 de agosto de 2012

JESUS CRISTO SE TORNOU MALDIÇÃO NO MUNDO


INTRODUÇÃO: Texto bíblico principal: Gálatas 3:10-14
1. O que é maldição e como alguém pode se tornar maldito?
2. Em que consiste a maldição da lei?
3. Por que Jesus se fez maldição por nós? Por acaso somos malditos?

I.  MALDITO TODO AQUELE QUE NÃO PERMANECER EM TODAS AS COISAS ESCRITAS NA BÍBLIA – Gálatas 3:10-12
Ninguém nasce fazendo tudo certo. Ninguém nasce fazendo o bem. Ninguém nasce santo. Exceto Jesus que nasceu santo, todos nascem pecadores; e, como o pecado é maldito, torna o ser humano maldito.
1. Compreendendo a teologia da maldição:
§ Salmo 119:21 – Maldito o arrogante e o desobediente dos mandamentos de Deus. Quem nunca desobedeceu a Deus?
§ Jeremias 17:5 – Maldito o homem que confia em si mesmo. Quem nunca se apoiou em suas próprias opiniões, habilidades e experiências?
§ Jeremias 48:10 – Maldito todo aquele que serve a Deus relaxadamente. Quem nunca fracassou em servir a Deus?
§ Mateus 25:41-46 – Maldito aquele que pensa mais em si mesmo do que nos outros. Quem nunca lutou por seu próprio bem mesmo fazendo os outros sofrerem?
2. Compreendendo a real situação do pecador:
a) Por estar sob a maldição do pecado o ser humano não possui habilidade nenhuma para fazer o que é certo; sua mais elevada justiça não passa de trapos de imundícia (Isaías 64:6).
b) Por causa do veneno mortal do pecado o ser humano não tem capacidade nenhuma de permanecer em todas as coisas escritas na Bíblia, para fazê-las (praticá-las).
c) Por causa de sua conduta moldada pelo maldito pecado, o ser humano está amaldiçoado, condenado à morte pela lei.
3. Compreendendo o papel da fé:
a) É preciso ter fé para aceitar o verdadeiro perfil da situação em que nos encontramos.
b) É necessário ter fé para recorrer a Deus em busca de auxílio – esperança de libertação.
c) É fundamental exercitar a fé para confiar que Deus providenciou uma solução para tirar o pecador da maldição do pecado e da condenação da lei.

II. MALDITO TODO AQUELE QUE FOR PENDURADO NO MADEIRO – Gálatas 3:13
Por que Jesus se faria maldição se não fôssemos malditos? Jesus se fez maldição por nós porque o pecado nos tornou imundo, amaldiçoados e condenados à morte.
1. Jesus nos resgatou da maldição da lei: A lei é perfeita, reflete o santo caráter de Deus; não há problema com ela. O problema está com o pecador, que infringe a lei e, a lei revela seu crime, sua transgressão. A lei condena à morte o infrator, essa é a maldição da lei. Por que Jesus pode nos resgatar da maldição da lei?
a) Jesus se tornou infrator sem infringir nenhuma lei.
b) Jesus se tornou criminoso sem ter cometido nenhum crime.
c) Jesus se tornou condenado à morte sem ter nenhum motivo para morrer.
2. Jesus se fez maldição por nós: Jesus não precisava ter feito o que fez, mas por amor a nós Ele desceu ao mais humilhante grau da consequência do pecado para nos alcançar onde estávamos:
a) Jesus se fez maldição por nós ao tomar sobre si a nossa culpa, nossas transgressões e nossos pecados.
b) Jesus se fez maldição por nós ao tomar nosso lugar de amaldiçoados e condenados pela lei.
c) Jesus se fez maldição por nós ao morrer por nós pendurado num madeiro, símbolo da mais alta infração: Amaldiçoado por Deus (Deuteronômio 21:22-23).
3. Jesus ocupou definitiva e completamente o nosso lugar:
a) Jesus não fez de conta que se fez maldição por nós. Ele tornou-se, de fato!
b) Jesus não fez uma encenação diante do universo ao assumir nosso lugar. Ele assumiu, de fato!
c) Jesus não aparentou morrer, Ele realmente morreu fazendo-se maldição por nós.

III. O BENDITO CRISTO SE FEZ MALDIÇÃO PARA ABENÇOAR OS MALDITOS – Gálatas 3:14
1. Cristo tomou sobre Si as nossas impurezas e imundícias para que recebêssemos sobre nós a Sua perfeita justiça por meio do Espírito Santo.
2. Cristo se fez maldição para que nEle, o pecador amaldiçoado alcançasse a bênção prometida a Abraão: A salvação. A qual está vinculada com o Espírito Santo.
3. Cristo padeceu a maldita morte na cruz por causa do maldito pecado, não dEle, mas nosso; a fim de que fôssemos abençoados com a Sua vida eterna.

CONCLUSÃO:
1. Jesus se tornou maldito para tornar-nos benditos. Jesus não morreu para anular a lei, mas a condenação da lei, que é a sua maldição.
2. Jesus morreu como se fosse transgressor da lei para resgatar-nos não da lei, mas da condenação da lei.
3. Jesus se fez maldição para nos resgatar da nossa maldição e oferecer-nos a Sua bênção.

APELO:
1. Tenha fé na descrição bíblica de sua real situação como amaldiçoado pecador incapaz de se livrar da condenação da lei.
2. Tenha fé para aceitar o fato de Jesus ter assumido o teu lugar na maldita cruz a fim de que sejas abençoado.
3. Tenha fé para receber a promessa da salvação e o poder do Espírito Santo para viver uma vida abençoada.
Pr. Heber Toth Armí

12 comentários:

  1. Querido...
    Acho que você precisa pedir mais direção do Espírito Santo do Senhor Jesus Cristo o único Deus e deixar as interpretações humanas... Quando você diz que no item 2 do seu resumo. "Jesus morreu como transgressor da lei para resgatar-nos não da lei, mas da condenação da lei". Creio que ainda não foi revelado para você as escrituras.
    ·II Pedro 1:20 sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.

    Vamos Jesus nunca transgrediu a Lei, pois pecado é a transgressão da Lei (I João 3:4_Romanos 6:1-2;15).

    Jesus nunca poderia nos conceder perdão de nossos pecados sendo um pecador.
    1 João 3:5 "E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os pecados; e nele não há pecado".
    Quem disse que Jesus pecou foi os fariseus (que representa a religião de satanás).

    Lei e graça muitos têm procurado justificar-se na graça, sem obediência à lei. Como podemos viver na graça sem o Conhecimento: da lei em: 1ª João. 3:4 diz "Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei".” Logo a lei revela o pecado. "O que desvia o seu ouvido de ouvir a lei até a sua oração será abominável." Provérbios 28:9.” Sabemos que o Eterno não atende a pecadores; mas, pelo contrário, se alguém teme ao Eterno e pratica a sua vontade, a este ele atende”. João 9:31.
    “Porque povo rebelde é este, filhos mentirosos, filhos que não querem ouvir a lei do Altíssimo”. Isaías 30:9.
    “Porque os simples ouvidores da lei não são justos diante do Eterno, mais o que praticam a lei hão de ser justificados” Romanos 2:13
    A graça, por exemplo, não manda guardar os mandamentos, preceitos, estatutos e juízos. Por quê? Porque isto é trabalho da lei é a lei que diz em Êxodo 20:1, 2, 3 a 17. “Então falou o eterno todas estas palavras: Eu sou o Altíssimo, teu Eterno, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.” Êxodo 20:3” Não terás outros diante de mim”. Êxodo 20:4, 5 e 6 “ "Não farás para ti imagem de escultura nem semelhança alguma do que há encima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.."
    Êxodo 20:7 Não tomarás o nome do Altíssimo teu Eterno, em vão
    Êxodo 20:8 a 11 "Lembra-te do sétimo dia, para o santificar. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o descanso do Altíssimo, teu Eterno; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro; porque em seis dias, fez o Altíssimo os céus e a terra, o mar e tudo que neles há e, ao sétimo dia, descansou; por isso, o Altíssimo abençoou o dia sétimo e o santificou."
    Êxodo 20:12” Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Altíssimo teu Eterno te dá.” Êxodo 20:13” Não matarás, “
    Êxodo 20:14” Não adulteraras,” Êxodo 20:15” Não furtarás”
    Êxodo 20:16 “ Não dirás falso testemunho contra o teu próximo” Êxodo 20:17 “Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a casa do teu próximo nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento nem coisa alguma que pertença ao teu próximo.”
    Em Romanos 2:13 é bem claro... “ Os que praticam a lei hão de ser justificados”
    Para os opositores da lei esta justificação é só a graça. Não precisa obedecer a lei fica esquisito muito esquisito. Para que eu tenha direito à graça eu tenho que confirmar a fé.Veja o que diz em Romanos 3:31. “Anulamos, pois, a lei pela fé? De modo nenhum, antes confirmamos a Lei"

    Para conhecer mais acesse: http://evangelhoeternoaverdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Espero que possa pulicar o meu comentário para Honra e Glória do nosso Senhor Jesus Cristo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que não publicaria seu comentário?

      Acrescentei o como "se fosse" na frase que vc destacou, para que, pessoas que, como você não entenda errado o que expressei certo. Em nenhum momento descartei a lei, é só ler com atenção o sermão de ponta a ponta. Veja ainda outros sermões que postei no blog. Obrigado por participar comentando!

      Excluir
  3. Muito bom sermão,e com sua autorização é claro, vou transfomar em power-pont para pregar na igreja.

    ResponderExcluir
  4. Pastor... a primeira passagem bíblica citada no seu sermão (Salmo 116:21) é inexistente. O Salmo 116 possui somente 19 versículos. O senhor poderia fazer a correção por gentileza? No mais, o seu sermão está divinamente inspirado. Que Deus continue lhe usando Pastor.

    ResponderExcluir
  5. Não importa se creem ou não , mas todo que tenta se justificar e viver pela guarda da leis e de dias ,É anátema (se torna maldito) pois vilipendia e expõe Jesus ao vitupério.

    ResponderExcluir
  6. O que me dizer de tiago 3:10? Esclarecerá a minha duvida? Continue na paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiago está falando que o crente deve ter cuidado com a língua, não deve ser usada de forma errada. Não deve amaldiçoar a ninguém. Diferentemente do que Gálatas fala, a própria pessoa se amaldiçoa, busca sua própria maldição, ao deturpar a Palavra de Deus!

      Excluir
  7. Vivo simplesmente Efesios 2:8. A graça me salvou. E a salvação nao vêm de mim. E nem tão pouco das minhas obras. E tudo dom, dadiva presente de Deus. Sou salvo pela graça e isso me basta

    ResponderExcluir

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana