segunda-feira, 6 de agosto de 2012

JESUS CRISTO ASSUMIU COMPLETAMENTE O NOSSO LUGAR


INTRODUÇÃO: Texto Bíblico: II Coríntios 5:21
1. Entender o significado da palavra “substituição” é imprescindível para entender corretamente o verdadeiro evangelho.
2. Entender que Cristo assumiu o nosso lugar tem a ver com aplicações práticas na vida do pecador que aceita a Jesus.
3. Entender e aceitar que Jesus assumiu completamente o teu e o meu lugar leva-nos a uma completa mudança de vida.
· As revelações de Deus a nós pode até exceder o nosso entendimento, mas ao aceitarmos de todo coração, nossa vida será completamente transformada.
· As revelações expostas em II Coríntios 5:21 estão entre as mais profundas e significativas de toda a Bíblia, confira:

I. JESUS REVESTIU SUA DIVINDADE COM A HUMANIDADE PARA SER UM CONOSCO SEM PECADO – “Aquele que não conheceu pecado” (II Coríntios 5:21)
1. Jesus é o único ser que viveu neste mundo de pecado e não conheceu o pecado.
2. Jesus é o imaculado, perfeito e justo Filho de Deus que se fez Filho do homem, mas sem pecado.
3. Jesus se identificou plenamente com o pecador em suas provações, tentações, sofrimento, dor e até a morte, mas não cedeu em nada a nenhuma tentação para pecar.

II. JESUS PERMITIU SER TRATADO POR DEUS COMO PECADOR MESMO SENDO INOCENTE – “Ele (Deus) o fez pecado por nós” (II Coríntios 5:21)
1. Cristo se identificou tanto com o pecador que tomou sobre Si todos os pecados do mundo a ponto de ser tratado como pecador, embora não tendo jamais experimentado o pecado.
2. Cristo assumiu o peso da culpa dos verdadeiros culpados; embora não tivesse participação nenhuma nos pecados da humanidade, Jesus aceitou a penalidade como se fosse dEle mesmo.
3. Cristo substituiu completamente o lugar do condenado pecador onde tomou de maneira real e verdadeira não só os pecados do mundo, mas experimentou até as últimas consequências do pecado: completa separação de Deus e, por fim, a morte!

III. JESUS ASSUMIU O LUGAR DO PECADOR PARA QUE O PECADOR ASSUMISSE O LUGAR DE CRISTO – “para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus” (II Coríntios 5:21)
1. Jesus assumiu o lugar dos culpados, tornando-se pecado por nós; e, a nós é atribuído o lugar dEle, tornando-nos justiça de Deus. Nossos pecados foram atribuídos à Cristo como se fossem dEle para que a justiça de Deus seja atribuída a nós como se fosse nossa.
2. Jesus enfrentou as últimas consequências do pecado, para que nós, pecadores, alcancemos a máxima justiça de Deus. Isto é completa substituição!
3. Jesus incorporou completamente os pecados do mundo e morreu por eles a fim de que nós incorporemos a vida justa de Cristo; assim, não somos apenas declarados justo, mas nos tornamos aquilo que Jesus é: Justiça de Deus.

CONCLUSÃO:
1. Enquanto Jesus, o imaculado Filho de Deus, foi feito pecado por nós, em Cristo somos feitos justiça de Deus.
2. Enquanto Jesus, que não conheceu pecado, assumiu as consequências do pecado; nós que conhecemos todo tipo de pecado, em Cristo, podemos assumir as vantagens da justiça de Deus.
3. Enquanto Jesus tomou a nossa culpa e ocupou o nosso lugar morrendo por nós, Ele nos oferece o Seu lugar e quer atribuir a nós a justiça de Deus para vivermos a vida que Ele viveu.

APELO:
1. Aceite que Jesus tomou completamente o seu lugar.
2. Aceite que Jesus pagou completamente o preço de teus pecados.
3. Aceite o lugar de Jesus a fim de que sejas a justiça de Deus.

Pr. Heber Toth Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana