terça-feira, 10 de julho de 2012

PREGA A PALAVRA: O ESPÍRITO SANTO APELA AOS CRENTES


INTRODUÇÃO: Texto bíblico principal: II Timóteo 4:1-4
1. É melhor ser dividido pela pregação da verdade do que unido no ecumenismo pela operação da mentira.
2. É melhor pregar a verdade que machuca e depois cura, do que palavras agradáveis que confortam, mas depois matam.
3. É melhor anunciar a verdade bíblica de forma nua e crua do que agradáveis filosofias (fábulas) que desviam da verdade (Tito 1:13-14).

I. A VERDADE INCOMODA ÀQUELES QUE VIVEM O CONFORTO DAS DOUTRINAS ERRADAS – II Timóteo 4:2-3
1. Ainda que muitos sejam incomodados pela pregação da pura Palavra da Verdade, o cristão deve instar a todos a tempo e fora de tempo.
2. Embora os incomodados possam odiar o proclamador da verdade, é melhor ser odiado por anunciar a verdade do que apreciado por apregoar doutrinas adulteradas.
3. Mesmo que muitos já não suportem a sã doutrina, a ordem de Deus é “admoesta, repreende e exorta, com toda a longanimidade e ensino”.

II. A VERDADE É RECUSADA POR AQUELES QUE DESEJAM SEGUIR SUAS PRÓPRIAS COBIÇAS – II Timóteo 4:1, 3-4
1. Ainda que muitos recusem a dar ouvidos à verdade, ela deve ser proclamada a alto e bom som por todos os verdadeiros cristãos.
2. Embora os que recusam dar ouvidos à verdade por desejarem ouvir palavras que afagam o orgulhoso, egoísta e corrupto coração, o Espírito Santo estimula: “Conjuro-te, pois, diante de Deus e de Cristo... prega a Palavra”.
3. Mesmo que muitos que te ouça recusem à verdade e voltem às fábulas, é melhor ficar sozinho por causa da verdade do que acolhido na multidão por causa da mentira.

III. A VERDADE PRECISA SER ANUNCIADA MESMO EM FACE À OPOSIÇÃO – II Timóteo 4:5
1. Ainda que ao pregar a pura verdade bíblica sofras aflições da parte da oposição, jamais deves te calar.
2. Embora o verdadeiro evangelho seja odiado e o falso apreciado, você deve fazer a obra de evangelista.
3. Mesmo que tenhas grandes desafios para proferir a verdade àqueles que preferem a mentira, Deus te ordena a cumprir bem o teu ministério.

CONCLUSÃO:
1. Chegou o tempo em que as pessoas preferem os mestres que falam o que as pessoas querem ouvir e não o que devem ouvir: Ainda que as pessoas queiram ouvir aquilo que dá coceira nos ouvidos (prazer), a verdade que fere o orgulho, a arrogância e as crendices populares deve ser proclamada.
2. Chegou o tempo em que a sã doutrina é rejeitada para dar lugar à ambição, egoísmo e materialismo: Embora as pessoas deixem o conforto de seu lar para ir à igreja em busca de palavras que as lisonjeiam, a Palavra que admoesta, exorta e repreende deve ser exaltada e anunciada.
3. Chegou o tempo em que a mentira e a falsidade estão em alta: Mesmo que não sejas popular, apreciado e aclamado pelos teus sermões baseados na Palavra, não os abandone por mensagens de autoajuda, recortes de jornal, artigos de revistas, etc., ainda que estas sejam mais atraentes, eletrizantes e emocionantes.

APELO:
1. Deus chama todos os cristãos à responsabilidade: “Prega a Palavra”.
2. Deus insiste com todos os seus servos: “insta a tempo e fora de tempo”.
3. Deus suplica a todos os Seus mensageiros: “admoesta, repreende e exorta, com toda longanimidade e ensino”.

Pr. Heber Toth Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana