segunda-feira, 7 de maio de 2012

APRENDA A PREGAR COM PODER COM O APÓSTOLO PAULO


INTRODUÇÃO: Texto bíblico: I Tessalonicenses 2:1-12
1. Pregar não deve ser um discurso como qualquer oratória humana.
2. Pregar, segundo o apóstolo Paulo, é mais do que explicar um texto bíblico.
3. Pregar, segundo Paulo, vai além das meras motivações e habilidades humanas.

I.  PARA PREGAR COM PODER O PREGADOR PRECISA DE UMA MOTIVAÇÃO PURAMENTE CRISTÃ – I Tessalonicenses 2:1-6
1.  O pregador precisa ser ousado em Deus para pregar o Evangelho puro.
2. O pregador precisa ser aprovado por Deus - não pelo homem - a fim de ganhar homens para Deus.
3. O pregador deve glorificar unicamente a Deus, nunca os homens nem a si mesmo.

II. PARA PREGAR COM PODER O PREGADOR PRECISA POSSUIR CARÁTER AMOROSO – I Tessalonicenses 2:7-11
1. O pregador deve ser como mãe, amar aos ouvintes.
2. O pregador deve desejar ardentemente a salvação dos ouvintes.
3. O pregador deve, como um pai, consolar aos ouvintes.

III. PARA PREGAR COM PODER O PREGADOR PRECISA DE UMA MISSÃO DIVINA – I Tessalonicenses 2:11-12
1. O objetivo do pregador deve ser o chamado divino a exortar pessoas a viver para a glória de Deus.
2. O foco do pregador deve ser encorajar os filhos de Deus a perseverar na fé até entrar no reino de Deus.
3. O alvo do pregador deve ser seguir a vontade de Deus para a pregação: levar os ouvintes a passar do crescimento espiritual ao amadurecimento espiritual.

CONCLUSÃO:
1. Sem uma motivação correta o pregador usará o púlpito de forma errada, com a motivação errada que desonrará a Deus. O sermão não surtirá nenhum poder transformador nos ouvintes.
2. Sem adquirir caráter amoroso as palavras do pregador não surtirá o efeito que Deus espera nos ouvintes. Será palavras sem forças sobrenaturais que não darão poder ao ouvinte para mudar de vida.
3. Sem aceitar a missão divina o pregador viverá a missão humana fazendo do púlpito um lugar comum para expressar suas próprias palavras, não a poderosa e viva Palavra de Deus.

APELO:
1. Antes de pregar, busque uma motivação puramente cristã através da consagração.
2. Antes de pregar, desenvolva um caráter amoroso renunciando o próprio eu.
3. Antes de pregar aceite a missão concedida por Deus aos pregadores do Evangelho de Deus.
Pr. Heber Toth Armí

2 comentários:

  1. gostei ótima explicação ... missionaria Priscila.

    ResponderExcluir
  2. eu estou no primeiro periodo de direito ,e vejo que na minha sala ,muitas pessoas ainda estam na fase de crescimento espiritual e tenho que admitir que agente precisa ir alem , ou seja amadurecimento espiritual.. curso de direito- fai 2013.1

    ResponderExcluir

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana