sexta-feira, 23 de setembro de 2011

TRIUNFANDO SOBRE OS TRAUMAS DA INFÂNCIA



INTRODUÇÃO: Texto Bíblico: I Crônicas 4:9-10
1.   Podemos viver uma vida normal ou uma vida extraordinária: Muitos vivem apenas 10, 20 ou 30% do que poderiam viver.
2.  Podemos viver as bênçãos de Deus ou apenas saber que elas existem: Muitos não sabem como viver as bênçãos de Deus em sua vida.
3.  Podemos mudar nossa história ou apenas deixá-la acontecer: Uma história sem acontecimentos marcantes não inspiram ninguém à vida extraordinária.

I.    QUEM ERA JABEZ (I Crônicas 4:9):
Entre os mais de 500 nomes que cercam o breve relato de Jabez encontra-se um precioso tesouro escondido. O texto sagrado tem lições magníficas com uma redação tão resumida.
1.   A história de Jabez é uma das biografias mais curtas da Bíblia: A história deste jovem interrompeu bruscamente uma extensa lista de nomes num capítulo que parece tedioso por ser uma longa lista genealógica.
2.  Jabez recebeu um nome pejorativo: O nome de Jabez significa “Ele causa dores”, um nome que todo garoto odiaria. Além disso, ele sofria com as dores.
3.  Jabez teve sua vida determinada pela dor de sua mãe: A própria mãe de Jabez o limitou à dor. Ela não acreditava no futuro do filho, nem no seu progresso. Ela escolheu o nome que lhe moldaria a vida por ter-lhe dado à luz com muita dor.
4.  Jabez foi mais honrado do que seus irmãos: A história bíblica de Jabez inicia com o estado final ou conclusivo de sua vida, “Ele foi mais ilustre do que seus irmãos”. A oração fez toda a diferença na vida dos jovens. A oração enobrece, transforma e liberta.

II. TRIUNFANDO COMO JABEZ (I Crônicas 4:10):
A oração é poderosa quando feita de maneira certa, com a intenção certa à pessoa certa. Aprendamos com Jabez alguns princípios que transformarão nossos traumas e limitações numa vida extraordinária, intensa e cheia de realizações.
1.   Ore urgentemente pelas bênçãos de Deus sobre você: Embora Jabez tivesse motivos de sobra para passar a vida se lamentando, ele reage pedindo a Deus por Suas bênçãos.
2.  Peça urgentemente que Deus amplie suas fronteiras: Jabez pediu mais oportunidades, que implicariam em mais responsabilidades. Ele queria trabalhar mais, influenciar mais, fazer mais. A preguiça trás suas conseqüências, o trabalho suas recompensas.
3.  Suplique urgentemente pela direção de Deus: Jabez entendeu a importância de ser conduzido por Deus a fim de se livrar da situação em que se encontrava. A mão de Deus é a expressão bíblica para expressar a presença e o poder de Deus a Seus servos.
4.  Clame urgentemente pela proteção de Deus: Jabez entendeu que precisa de Deus para ser livre do mal causado na infância. E por isso pede que Deus o proteja a fim de ser livre da dor.

CONCLUSÃO:
1.   O resultado da oração de Jabez já foi apresentado no início de sua biografia. No entanto, depois de sua oração o autor bíblico acrescenta: “E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido”.
2.  O resultado da oração de Jabez nos mostra que Deus está disposto a responder a oração de todo àquele que sinceramente O busca. Ao orarmos ao Deus Todo-poderoso passaremos de uma vida normal para uma vida extraordinária.
3.  O resultado da oração de Jabez mostra a importância de recorrer a Deus em oração. A oração de Jabez não é uma reza, é um exemplo a ser seguido. Siga a veja o resultado!

 Pr. Heber Toth Armí

4 comentários:

  1. marie louise rente laboissieresegunda-feira, junho 17, 2013

    Eu sofri as mesmas coisas,meus familiares,principalmente minha mae so me diziam perversidades,me amaldicoavam,me chamavam de coisas horriveis,mesmo eu tendo sido uma crianca quieta,ela so me chamava de capeta,demo...tudo porque nao gostava de crianca e abortou 5 filhos antes de meu nascimento,e tentou me abortar mais nao conseguiu.sofri violencias terriveis na infancia e adolescencia.minha maior inimiga estava dentro de casa,tudo que ela pudesse fazer pra me ver triste e derrotada fazia,quando em raros momentos me via alegre se irava parecia possuida...eu rezei muito mas nada consegui,ela faleceu sem mudar,e eu tenho 26anos de uma vida destruida se e que posso chamar de vida.tem gente que acha que toda mae e santa,que mae ta sempre ceeta,que sempre quer o bem dos filhos,nao e bem assim

    ResponderExcluir
  2. marie louise rente laboissieresegunda-feira, junho 17, 2013

    Deixam de ouvir as queixas das criancas e adolescentes,acham que e birra mentira...dizem que ninguem cria filho pra ser bandido,mas criam sim,atraves da revolta.conheci gente que experimentou drogas dadas pelos proprios ppais,gente q era incentivado a roubar e traficar,meninas levadas p prostituicao pela mae...enfim,ja vi de tudo,jovens se cortando se machucando pra aplacar a dor cansei de ver amigos e colegas com comportsmento destrutivo...desculpe pelos erros de digitacao
    se puder por favor coloque meu nome nas oracoes
    obrigada

    ResponderExcluir
  3. Muito bom mesmo bença de Deus seria bom que muitos crentes entendesse a historia de Jabez e parasi de reclama da vida que Deus le deu com tanto amor e parasse de lancar maldição sobre os seus próprios filhos.

    ResponderExcluir
  4. Marie Louise, se vc está viva é pq Deus tem algo especial na sua vida, e quer curar seu interior, para que vc se livre desse trauma. Ele é o pai verdadeiro, de amor, e jamais te abandona. Entregue sua vida a Ele pra valer, procure uma igreja evangelica que realmente fale da palavra de Deus, e do amor de Jesus. Lá vc será bem recebida, e terá não só apoio, mas uma família de verdade. Deus te abençõe, e assim como a historia de Jabez, que Ele também mude sua historia, amem.

    ResponderExcluir

Dê seu parecer respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana