sexta-feira, 30 de setembro de 2011

JESUS ILUSTROU A HUMILDADE COM UMA CRIANÇA


INTRODUÇÃO: Texto bíblico: Mateus 18:1-5
1. O quê fazer na igreja no dia das crianças? O dia das crianças é o momento das crianças comemorarem e dos adultos refletirem em seu cristianismo.
2. O quê pregar na igreja no dia das crianças? O dia das crianças é um dia especial que deve conduzir o cristão a ver o que a Bíblia fala sobre as crianças.
3. O quê ensinar no culto no dia das crianças? O dia das crianças é o tempo dos cristãos lembrarem o quanto devem aprender com elas.

I.  JESUS TOMOU UMA CRIANÇA COMO ILUSTRAÇÃO DE CARÊNCIA – Mateus 18:1-3
1. Uma criança é frágil e precisa do pai, assim deve ser um cristão, que precisa do Pai celestial.
2. Uma criança é ignorante e pergunta tudo ao pai, assim um cristão deve reconhecer a necessidade da sabedoria do Pai Celestial.
3. Uma criança é dependente e carente de cuidados, esse é o discernimento que o cristão deve ter de si mesmo, e então, correr para os braços do Pai Celestial.

II.  JESUS TOMOU UMA CRIANÇA COMO ILUSTRAÇÃO DE HUMILDADE – Mateus 18:4
1. Jesus tomou uma criança como ilustração de seu sermão e mostrou que o reino de Deus é o inverso do reino do mundo, o maior é o menor e menor é o maior.
2. Jesus ilustrou uma criança para mostrar que, enquanto o mundo ensina a desejar o poder a fim de superar e dominar os outros, o cristão deve reconhecer sua fragilidade, carência e ser humildade e modesto.
3. Jesus explicou por meio de uma criança que, sendo humilde para confiar em Deus o cristão será feliz e confiante, mesmo diante das adversidades.

III. JESUS TOMOU UMA CRIANÇA COMO ILUSTRAÇÃO DE VALOR – Mateus 18:5
1. Quem recebe uma criança recebe o próprio Cristo.
2. Quem dá atenção à vida e atitude de uma criança aprende ser cristão e tem a aprovação de Cristo.
3. Quem se torna como uma criança tem tanto valor para Cristo como aquela que Ele tomou para ilustração.

CONCLUSÃO:
1. Segundo Jesus a pessoa mais importante não é aquela que se destaca em posição, poder e sucesso; mas a pessoa calada, humilde, singela, que tem o coração de um menino (W. Barclay).
2. Segundo Jesus a verdadeira humildade como a de uma criança não é pensar em si mesmo de forma depreciativa; é sequer pensar em si mesmo (W. Wiersbe)
3. Segundo Jesus, é necessário converter-se e tornar-se como uma criança, do contrário, ninguém chegará nem às portas do Céu (D. Moody).

APELO:
1. Converta-se como crianças: Aprenda com Jesus na ilustração de uma criança que, humildade é fundamental para a dependência de Deus.
2. Torne-se como crianças: Aprenda com Jesus em Suas lições de humildade, que tal característica é a credencial para entrar no Céu.
3. Viva sempre como crianças: Aprenda com Jesus que o Céu valoriza àquele que aprende humildade, confiança e dependência com uma criança.

Pr. Heber Toth Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê seu parecer. Elogie ou critique respeitando a ética cristã. Sua opinião será bem-vinda:

Postagens mais acessadas nesta semana